05 agosto, 2008

DIÁLOGO COM DEUS SOBRE A EVANGELIZAÇÃO-I

I-ANUNCIAR A NOVA ALIANÇA

Deus Santo,
Nós vos louvamos pela Nova Aliança. Por ser eterna, esta Aliança já estava presente como fonte inspiradora no momento em que Vós, Trindade Santa, sonhastes o Universo e o Homem que o habita:


Recordo, a este propósito, as palavras de São Paulo na Carta aos Efésios quando ele diz a este propósito:

“Deus escolheu-nos em Cristo antes da fundação do mundo, a fim de sermos santos e irrepreensíveis na sua presença e vivermos no amor.

Predestinou-nos para sermos adoptados como seus filhos por meio de Jesus Cristo, de acordo com a sua vontade” (Ef 1, 4-5).

Este plano esteve oculto durante milénios, mas foi dado a conhecer na plenitude dos tempos, diz a Carta aos Efésios:

“Agora podeis fazer uma ideia da compreensão que tenho do mistério de Cristo, o qual não foi dado a conhecer aos filhos dos homens, em gerações passadas, como agora foi revelado aos seus santos Apóstolos e Profetas pelo Espírito Santo” (Ef 3, 4-5).

O Deus Aliança é fiel e verdadeiro, pois a Nova e Eterna Aliança representa a plenitude de um projecto querido por Deus ainda antes de ele ter iniciado a génese da Criação.

A Antiga Aliança foi um passo fundamental para Deus conduzir a Humanidade até Jesus Cristo.

Mas o seu plano criador tinha como meta e cúpula da Criação a Nova e Eterna Aliança.

Em Comunhão convosco
Calmeiro Matias

1 comentário:

Rui Pedro disse...

Obrigado, Abbá, pela tua Vontade de Salvação para toda a Humanidade, que realizaste de modo pleno a partir de Jesus, o Ressuscitado.
Obrigado por esta missão de testemunhar o teu Amor Salvador revelado em Jesus. Ajuda-nos a todos os discípulos de Jesus a sermos fiéis a esta missão da Nova Aliança!