28 setembro, 2007

O jeito especial de Jesus amar

Deus Santo,
louvado sejas por teres preparado o coração de Jesus
para amar daquele jeito tão especial.

Apesar de ser um homem como todos nós,
ele tinha a plenitude do Espírito Santo
graças ao qual amava à maneira do próprio Deus.

São Paulo diz que o Espírito Santo
é o amor de Deus derramado nos nossos corações (Rm 5,5).
Foi o Espírito Santo que moldou e capacitou o coração de Jesus
para amar com o jeito do próprio Deus.

Certo dia, Jesus explicou aos discípulos
o que significa amar ao jeito de Deus e disse-lhes o seguinte:
o segredo para o ser humano se tornar
verdadeiramente parecido com Deus é amar a todos,
inclusive os seus inimigos.

Por si só, a pessoa humana não é capaz de fazer isto.
Mas quando se deixa conduzir pelo Espírito Santo,
a pessoa passa a ser capaz de amar incondicionalmente como Deus.
Por outras palavras, quando uma pessoa começa a amar os seus inimigos,
isso significa que está amar à maneira de Deus.

Este jeito de amar é um fruto
da acção do Espírito Santo no nosso coração,
como São Paulo ensina na Carta aos Gálatas:
“São estes os frutos do Espírito:
amor, alegria, paz, paciência, benignidade,
bondade, fidelidade, mansidão e auto domínio” (Ga 5, 22).
É verdade que o amor de Deus, em nós,
não substitui o nosso amor; mas optimiza-o,
isto é, torna-o excelente, capaz de chegar onde, por si só,
o amor humano não era capaz.

Deste modo, apesar dos nossos inimigos nos quererem mal,
o Espírito Santo fortalece os nossos corações
ao ponto de nos capacitar para lhes fazer bem.

Isto é muito difícil, mas as pessoas que tomam esta decisão
tornam-se capazes de modificar o mundo.

Em outra ocasião Jesus ensinou isto mesmo,
mas de maneira diferente, dizendo:
“Faz aos outros o que gostarias que eles te fizessem a ti”.

Pai Santo, nós te louvamos por nos teres dado Jesus Cristo.
Ao ressuscitar, ele deu-nos a possibilidade
de comunicarmos de maneira nova com o Espírito Santo,
capacitando-nos para amar de uma maneira nova.
Este jeito novo de amar é o Mandamento Novo de Jesus
e, ao mesmo tempo, um dom do Espírito Santo.

Obrigado, Cristo ressuscitado, pelo dom do Espírito Santo
que nos capacita para amarmos ao jeito de Deus. Glória a ti Jesus Cristo!

Em Comunhão Convosco

Calmeiro Matias


3 comentários:

MissGarfield disse...

so descobri este blog hoje, e com certeza vou voltar.... sempre gostei de escrever "cartas para Deus", muitas delas muito semelhantes como que li aqui hoje... Ás vezes sinto-me tao fraca, tao pecadora, tao miseravel que sou ate incapaz de enfrentar Deus e de orar... e fujo d'Ele como fez Adão... e a forma que eu descobri de O enfrentar mesmo quando nao tenho coragem pra isso, é escrever-lhe uma "carta"...
Espero pelo proximo post...

Comunhão no Espírito disse...

Obrigado pela visita, Miss Garfield!

Até já, então...

Peregrino disse...

só agora conheci este espaço... oro para que continue assim, límpido como a liberdade....